Quem somos


O Objetivo da Controladoria Interna do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

O objetivo da Controladoria Interna do Centro Estadual de Educação Tecnológica (CPS) é assessorar os gestores na busca pela melhoria dos controles em seus processos, identificando possíveis riscos, antecipando-se assim às ocorrências, buscando em parceria com os agentes públicos, garantir os resultados pretendidos e privilegiar a eficiência e a eficácia administrativa.

Equipe da Controladoria Interna

A equipe da Controladoria Interna é composta por administradores, contadores e advogados detentores de boa formação e experiência técnica.

O perfil dessa equipe técnica é contemplado de maneira a fornecer segurança, de que o trabalho venha a ser executado por pessoas capacitadas com independência e treinamentos requeridos para as atividades de controle interno. Esta prática profissional demanda princípios essenciais para o atendimento de suas responsabilidades:

Como agentes públicos, se obrigam a proteger os interesses da sociedade e a respeitar as normas de conduta que regem os integrantes do serviço público, não podendo valer-se da função em benefício próprio ou de terceiros, ficando, ainda, obrigado a guardar o aspecto confidencial das informações obtidas, salvo se houver obrigação legal ou profissional de assim proceder.

Agir com prudência, habilidade e atenção, de modo a reduzir ao mínimo a margem de erro, acatando o código de ética profissional, o bom senso em seus atos e recomendações e o cumprimento das normas gerais de controle interno.

Assegurar imparcialidade em todos os aspectos relacionados com sua atividade profissional.

Pautar-se no escopo do trabalho, na seleção e aplicação de procedimentos técnicos e testes necessários, com domínio do julgamento profissional na elaboração de seus relatórios.

Apoiar-se em documentos e evidências que permitam convicção da realidade e a veracidade dos fatos ou situações examinadas.

Em função de sua atuação multidisciplinar, deve possuir conhecimentos técnicos adequados para o cumprimento do trabalho, acompanhando a evolução das normas, legislações, procedimentos e técnicas aplicáveis ao controle interno.

Valer-se de informações anteriormente produzidas e validadas pelos profissionais da Controladoria Interna, não necessitando reconfirmá-las ou testá-las novamente, haja vista a observação das mesmas técnicas e normas nos trabalhos já realizados.

Manter habilidades no trato, verbal e escrito, respeitando as pessoas com as quais se relacionam profissionalmente.

Atuação sem discriminações que visem prejudicar ou beneficiar, ou seja, fundada na conduta e tratamento isonômico, com a destinação de melhor atender ao interesse coletivo.